Você está aqui: Página Inicial > Contents > Páginas > Institucional > Graduação > Bacharelado em Agroecologia

Bacharelado em Agroecologia

por danielrocha publicado 04/04/2016 09h41, última modificação 22/09/2017 12h30

APRESENTAÇÃO

A criação do Curso de Graduação de Agroecologia no Centro de Ciências Humanas, Sociais e Agrárias da Universidade Federal da Paraíba foi fruto de um diálogo com a comunidade universitária a partir do REUNI e principalmente com a sociedade civil organizada, destacando-se a participação das ONGs AS-PTA, ARRIBAÇÃ, ONGIFA, movimentos sociais e agricultores. Obedece aos critérios das Diretrizes Curriculares Nacionais, que objetivam atender às demandas dos cidadãos e da sociedade, em respeito à vocação e à capacidade da instituição para formação de profissionais ecléticos, com habilidades para promoção do desenvolvimento rural sustentável. Harmonizando-se com as tendências de desenvolvimento, consideraram-se as dimensões social, cultural, ambiental, ética, econômica e tecnológica contemporânea, com o intuito de priorizar a formação de profissionais com apurado senso crítico, proativos, criativos e com aprofundada instrumentalização nas técnicas agroecológicas de promoção da sustentabilidade das atividades agropecuárias.

IDENTIFICAÇÃO DO CURSO

Obejtivo Geral

Formar profissionais com aguçado senso crítico e habilidades científicas etécnico/instrumentais para interferir positivamente na realidade da agricultura, visando à consolidação dos sistemas de produção em bases agroecológicas, e contribuir nas diferentes dimensões com o processo de desenvolvimento rural sustentável.

Objetivos Específicos

  • Desenvolver a percepção das diferentes realidades da Agricultura Familiar brasileira, suas construções históricas e perspectivas;
  • Desenvolver a capacidade de análises sistêmicas em diferentes escalas locais e globais;
  • Aprimorar as capacidades de empreendedorismo e protagonismo das ações;
  • Incentivar a pesquisa participativa a partir de problemas reais;
  • Estimular a integração com a sociedade, a organização social e o reconhecimento do valor do “saber popular” e das potencialidades locais;
  • Potencializar as capacidades criativas para desenvolver soluções rápidas, simples e contextualizadas;
  • Fornecer base teórica e prática que permita ao egresso atuar nas áreas de Agricultura Familiar e desenvolvimento rural sustentável.


Perfil do Egresso

O Profissional em Agroecologia deve possuir caráter humanista, científico-técnico, espírito investigador, empreendedor, criativo e com uma visão social, ecológica e sustentável.

 

O estudante com estes três elementos será capaz de identificar os principais problemas do campo e encontrar soluções técnicas sem menosprezo a cultura e costumes dos produtores, capaz de elaborar e dirigir a implementação de projetos de desenvolvimento rural, interpretar e abordar os  problemas da produção agropecuária a partir do marco das relações sociais em que se dão tais problemas, em benefício da coletividade e das  futuras gerações.

 

O Profissional Agroecólogo, define, classifica e estuda os sistemas agrícolas, pecuários e florestais de perspectiva ecológica, social e econômica; integração de saberes do campo com o conhecimento técnico moderno para obter métodos de produção que respeitem o ambiente social, para alcançar não só metas produtivas, mas também a equidade social sustentável ecológica do sistema. Sua formação se concentrará em princípios vitais sobre diversidade, ciclagem de nutrientes, sinergia e interação entre os cultivos, animais, florestais e o solo, como também na regeneração e conservação dos recursos naturais.

 

A formação integral do profissional agroecológico permitirá encaixar os componentes do agroecossistema (culturas agrícolas, animais, árvores, solo, água, etc.), de maneira integrada tanto no tempo como no espaço, e que os componentes se traduzam em rendas derivadas de fontes internas, reciclagem de nutrientes, e de matéria orgânica, relações tróficas entre plantas, insetos, patógenos, etc., que ressaltem sinergismo como os mecanismos de controle biológico.

Competências, Atitudes, Habilidades

O profissional a ser formado em agroecologia deverá ter uma capacidade técnica, humanista, política e metodológica adequada, para que atue com base nos conteúdos da agroecologia nas esferas pública e privada.

O referido profissional deverá ser capaz de:

  • Analisar a realidade do meio ambiente, e identificar suas potencialidades e restrições ecológicas;
  • Analisar as dimensões econômicas e sociais das atividades agropecuárias, seus aspectos favoráveis e restritivos;
  • Planejar e programar estratégias, métodos e planos de manejo sustentável dos recursos naturais;
  • Planejar e implementar sistemas de gestão ambiental, especialmente no controle de qualidade na produção agropecuária;
  • Orientar processos de utilização de máquinas e equipamentos adaptados à pequena e média escala de produção e ao manejo agroecológico dos sistemas produtivos;
  • Conhecer e orientar o uso de métodos e processos baseados em formas renováveis de energia alternativa no meio rural;
  • Interpretar, orientar e aplicar a legislação trabalhista, agropecuária e ambiental;
  • Elaborar laudos, perícias, pareceres e relatórios técnicos sobre projetos agropecuários no âmbito de sua competência profissional;
  • Dominar a fitotecnia dos diversos sistemas de produção vegetal e as técnicas de criação e manejo de pequenos, médios e grandes animais;
  • Aplicar métodos naturais e alternativos de manejo fitossanitário e das zoonoses dos sistemas de produção animal;
  • Estimular e assessorar a condução de processos participativos e democráticos de cooperação e organização afins ao desenvolvimento sustentável nas atividades agropecuárias;
  • Implementar processos de industrialização artesanal e comercialização da produção agroecológica;
  • Analisar as etapas da produção primária agrícola, pecuária e florestal e sua inserção na cadeia produtiva, na perspectiva de sua sustentabilidade econômica, ambiental e social;
  • Planejar e implementar projetos florestais e de recuperação de áreas degradadas;
  • Contribuir na formação e capacitação de agentes agroecológicos para os processos de desenvolvimento rural sustentável;
  • Realizar pesquisas e estudos que contribuam para o resgate das experiências e conhecimentos dos agricultores, e para a geração e validação de tecnologias adaptadas à realidade dos agricultores;
  • Promover a socialização do conhecimento construído no âmbito acadêmico e pelos agricultores, nos processos de manejo dos sistemas de produção agroecológica;
  • Fomentar as diversas formas de organização social que visem o fortalecimento da cooperação e solidariedade na agricultura e na sociedade em geral;
  • Contribuir no processo de conversão agroecológica das unidades produtivas, e em ações afins voltadas às comunidades rurais;
  • Participar da formulação, implementação e gestão de políticas públicas voltadas ao desenvolvimento rural sustentável.


Campo de Atuação do Profissional

O campo de atuação dos Bacharéis em Agroecologia compreende os espaços onde se faz necessária a presença de profissionais com capacidade técnica-científica para pensar e desenvolver atividades voltadas ao desenvolvimento rural sustentável, sejam elas de pesquisa e desenvolvimento, de ensino, de consultoria ou de extensão rural. Devido a sua formação multidisciplinar, fundamentada nas ciências da Ecologia, da Agronomia, da Zootecnia, da Agroindústria, da Sociologia, da Administração e da Política, o Agroecólogo dispõe de possibilidades diversas dentro do mundo do  trabalho, especialmente relacionadas ao fortalecimento da Agricultura Familiar em bases sustentáveis sob as dimensões econômica, sócio-cultural, político-institucional, ambiental e ética.

Constituem espaços concretos de atuação:

  • Órgãos governamentais dos municípios, estados e da União, tais como secretarias de agricultura e de meio ambiente, empresas de assistência técnica e extensão rural, instituições de pesquisa e de desenvolvimento regional, instituições de ensino;
 
  • Organizações não governamentais que atuem com desenvolvimento rural sustentável, a exemplo da AS-PTA, ONGIFA, ASSOCENE, COOPAGEL, CAATINGA, CÁRITAS, DIACONIA, SOS SERTÃO, MOC, etc;
 
  • Áreas de reforma agrária, feiras agroecológicas, organizações e Movimentos Sociais do Campo, tais como o MST, MAP, MMCBRASIL, Via Campesina, associações comunitárias, STR’s, federações confederações da Agricultura Familiar;
 
  • Consultorias a instituições nacionais e estrangeiras, tais como ministérios, Secretarias de Estado, INSA, PDHC, FAO, IIRD, CIRAD, MISEREOR, etc;
 
  • Diretamente na produção e/ou transformação e comercialização de produtos agroecológicos e orgânicos.

 

Estrutura Curricular do Curso de Agroecologia

A organização curricular está estruturada incorporando os eixos do curso (Humanístico, Sistemas sustentáveis de produção, Agroindústria familiar, Gestão e comercialização da produção família, biodiversidade e ecologia) que definem o conteúdo necessário à Formação do Agroecólogo.

  

1º PERÍODO

COMPONENTES CURRICULARES

CH

CR

História do Desenvolvimento Rural

30

02

Fundamentos de Ecologia

60

04

Portugês Instrumental

60

04

Introdução a Produção Animal

45

03

Introdução a Produção Vegetal

45

03

Introdução a Agroecologia

60

04

Fundamentos de Física Ambiental

45

03

Sociologia e Antropologia da Agricultura Familiar

60

04

TOTAL

405

27

 

2º PERÍODO

COMPONENTES CURRICULARES

CH

CR

Fundamentos de Educação no Campo

30

02

Bioquímica Geral

60

04

Desenho Técnico e Topografia

60

04

Anatomia e Eco-fisiologia Vegetal

60

04

Políticas Públicas e Desenvolvimento Rural

45

03

Metodologia do Trab. Científico e Pesquisa Aplicada em Agroecologia

60

04

Fundamentos da Agroindústria Familiar

45

03

Associativismo, Cooperativismo e Economia Solidária

60

04

TOTAL

420

28

 

3º PERÍODO

COMPONENTES CURRICULARES

CH

CR

Fundamentos de Economia

30

02

Estatística Experimental

60

04

Bioclimatologia

60

04

Manejo Agroecológico de Solos

60

04

Legislação Agrária e Função Social da Terra

30

02

Manejo de Água nos Agroecossistemas

60

04

Máquinas e Implementos Agricolas em Sistemas Agroecológicos

60

04

Metodologias participativas e Extensão Rural

60

04

TOTAL

360

24

 

4º PERÍODO

COMPONENTES CURRICULARES

CH

CR

Manejo Agroecológico de Nutrientes e Nutrição de Plantas

60

04

Sistema de Produção Agroecológico de Ruminantes

60

04

Sistema de Produção Agroecológico de Não Ruminantes

60

04

Cultivo Agroecológico de Frutíferas

60

04

Cultivo Agroecológico de Hortaliças

60

04

 

 

 

Manejo e Conservação de Pastagem Agroecológica

60

04

Tópicos Especiais em Agroecologia I

45

03

TOTAL 

465

31

 

5º PERÍODO

COMPONENTES CURRICULARES

CH

CR

Sistema de Produção Agroecológico de Abelhas

45

03

Sistema de Produção Agroecológico de Organismos Aquáticos

45

03

Controle Sanitário Agroecológico dos Rebanhos

60

04

Movimentos Sociais no Brasil e na América Latina

45

03

 

 

 

Gestão Financeira da Produção Familiar

30

02

Ética Legislação e Gestão Ambiental

60

04

Tópicos Especiais em Agroeologia II

45

03

TOTAL

390

26

 

6º PERÍODO

COMPONENTES CURRICULARES

CH

CR

Recuperação de Áreas Degaradadas

60

04

Segurança Alimentar e Nutricional

30

02

Processamento de Matérias Primas de Origem Animal e Vegetal

60

04

Sistemas Agroflorestais

60

04

Análise e Controle de Qualidade de Produtos Agroindustriais

30

02

Fontes Alternativas de Energia

30

02

Gestão de Cadeias Produtivas

60

04

Tópicos Especiais em Agroecologia III

45

03

TOTAL

375

25

 

7º PERÍODO

COMPONENTES CURRICULARES

CH

CR

Genética e Melhoramento

60

04

Manejo Agroecológico de Pragas

60

04

Gestão de Bacias Hidrográficas

60

04

Certificação da Produção

30

02

Avaliação e Manejo de Agroecossistemas

60

04

Culturas Tradicionais em Sistemas Agroecológicos

60

04

Tópicos Especiais em Agroecologia IV

45

03

TOTAL

375

25

 

8º PERÍODO

COMPONENTES CURRICULARES

CH

CR

Elaboração e Análise de Projetos para Produção Agroecológica

45

03

Conservação de Recursos Genéticos Animais

45

03

 

 

 

Estratégias de Convivência com o Semi-Árido

60

04

Etologia

60

04

TOTAL

270

18

 

 PERÍODO

COMPONENTES CURRICULARES

CH

CR

Trabalho de Conclusão de Curso

60

04

TOTAL

60

04


ARQUIVOS SOBRE O CURSO:

pdf.png Ata Colegiado 30.08.2016
pdf.png Ata Colegiado 23.11.2016
pdf.png Ata Colegiado 10.05.2017
pdf.png Ata NDE 19.10.2016
pdf.png Ata NDE 31.03.2017
pdf.png Ata NDE 07.04.2017
pdf.png Ata NDE 02.06.2017
pdf.png PPC - Agroecologia UFPB
pdf.png Portaria -  Regulamentação do Estagio Supervisionado
pdf.png Portaria - Regulamentação do TCC
pdf.png Resolução 74_2010 - Aprovação do Curso
pdf.png Resolução - Componentes Flexíveis
pdf.png Professores Do Corpo Docente Do Curso De Agroecologia
pdf.png Turmas de Agroecologia
doc.png Edital - Abreviação - Modelo


 

Ata Colegiado 10.05.2017